Leia vários depoimentos de pacientes que venceram a luta contra o cancer!
 
 
 
 
 
 

Cancer do Esofágo ou Esofágico

 

O que é o cancer esofágico?

Por favor, tome nota de que há na verdade dois tipos de cancer esofágico, que são o carcinoma de células escamosas (cancer que começa nas células planas que forram o esôfago) e adenocarcinoma (câncer que começa nas células que produzem e liberam muco e outros fluidos). Cancer esofágico é o tipo que se forma nos tecidos que forram o esôfago (tubo muscular através do qual o alimento passa da garganta ao estômago).

Fase I. Cancer é encontrado apenas nas camadas de cima de células de revestimento do esôfago.

Fase II. Cancer envolve as camadas mais profundas do revestimento do esôfago, ou em alguns casos, se espalhou para gânglios linfáticos a perto. No entanto, o câncer não se espalhou para outras partes do corpo.

Fase III. Agora, o cancer invadiu mais profundamente na parede do esôfago ou já se espalhou para os tecidos ou gânglios linfáticos perto do esôfago. No entanto, o câncer ainda não se espalhou para outras partes do corpo.

Fase IV. Finalmente, o cancer já se espalhou para outras partes do corpo. Deve-se compreender que o câncer esofágico pode se propagar em quase qualquer parte do corpo, incluindo o fígado, pulmões, cérebro e ossos.

Quais são os sintomas do cancer esofágico?

Deve se notar que o cancer esofágico precoce geralmente não causa sintomas, mas quando o cancer cresce, os sintomas podem incluir:

  • Tem dificuldade em engolir e/ou é doloroso
  • Você sofre severa perda de peso
  • Você começa a ter dor na garganta ou nas costas, atrás do osso do peito ou também entre o as lâminas dos ombros
  • Tem rouquidão ou sofre de tosse crônica
  • Você começa a vomitar
  • Você pode também até começar a tossir sangue

Quais são as Causas e Fatores de risco?

Maior risco:

O esôfago de Barrett é considerado um fator de risco para o esôfago adenocarcinoma. Existem um número de fatores de risco para cancer esofágico. Alguns subtipos de cancer estão ligados a determinados fatores de risco:

  • Idade. A maioria dos pacientes tem mais de 60 anos, e idade média em pacientes nos EUA é de 67.
  • Sexo. É mais comum em homens.
  • Hereditariedade. É mais provável em pessoas que tam parentes próximos com cancer.
  • O tabagismo e uso pesado de álcool aumenta o risco, e em conjunto parece aumentar o risco mais do que individualmente.
  • Doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) e seu consequente Esofago de Barrett aumenta o risco de câncer esofágico devido à irritação crônica do forro da mucosa (adenocarcinoma é mais comum nessa condição, enquanto todos os outros fatores de risco mais predispõem para carcinoma de células escamosas).
  • O papilomavírus humano (HPV)
  • Ferimento corrosivo no esôfago por deglutição de alcalinos fortes (detergentes) ou ácidos.
  • Substâncias alimentares específicas, tais como nitrosaminas.
  • Uma história médica de outros canceres de cabeça e pescoço aumenta a chance de desenvolvimento de um segundo cancer na cabeça e pescoço, incluindo cancer esofágico.
  • Síndrome Plummer-Vinson (anemia e correias no esôfago)
  • Tylosis e síndrome Howel-Evans (espessamento hereditários da pele das palmas das mãos e plantas dos pés).
  • Radioterapia para outras condições no mediastino.
  • Doença celíaca predispõe para carcinoma de células escamosas.
  • A obesidade aumenta o risco de adenocarcinoma quadruplico. Suspeita-se que o maior risco de refluxo pode estar subjacente a esta associação.
  • Beber grandes quantidades de bebidas quentes, especialmente chás quentes
  • Consumo de álcool, em indivíduos predispostos a reação ao álcool em excesso
  • Achalasia

Diminuição do risco:

  • Risco parece ser menor em pacientes em uso de aspirina ou drogas relacionadas.
  • O papel do Helicobacter pylori na evolução para adenocarcinoma esofágico é ainda incerto, mas, com base em dados demográficos, poderá exercer um efeito protetor. Postula-se que Helicobacter pylor previne gastrite crônica, que é um fator de risco de refluxo, que por sua vez é um fator de risco para o adenocarcinoma esofágico.
  • De acordo com o Institute Nacional de Cancer dos EUA, "dietas elevadas em crucífero (couve, brócolis, couve-flor) e legumes e frutas verdes e amarelas estão associadas com uma diminuição do risco de cancer esofágico.
  • Moderado consumo de café está associado a uma diminuição de risco.
  • De acordo com um estudo italiano de "pesquisas de dieta concluída com 5.500 italianos", um estudo que tem suscitado debates questionando seus créditos entre os pesquisadores de cancer citados em reportagens sobre o assunto - comer pizza mais de uma vez por semana parece "ser um indicador favorável de risco para neoplasias no trato digestivo para esta população."

Quais são as causas do cancer esofágico?

Consulte as nossas causas principais do cancer para obter mais informações sobre as causas do cancer.

 
 

O cancer de esofago tem cura!

Aprenda o protocolo anti-cancer de sucesso internacional com o nosso Kit Completo da Cura Natural do Cancer.

Aprenda também sobre os perigos da quimioterapia e sobre as mentiras das indústrias farmacêuticas.

 

 

 

 

Kit Completo do Protocolo Natural Anti-Cancer

Lutando contra o câncer? Em dúvida sobre quais alimentos comer e quais evitar? Você sabia que você pode estar alimentando o câncer ao mesmo tempo em que você está tentando eliminá-lo?

Aprenda a dieta e muito mais em formato passo à passo. Uma dieta anti-cancer é um componente importantíssimo que não deve ser ignorado. Não perca tempo! Aprenda mais...

 
 

É facil! Com os nossos livros e DVD você aprenderá o protocolo anti-cancer em menos de 1 hora.

 
 

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba grátis o relatório intitulado "O que as Indústrias do Cancer não querem que você saiba!"

*

Após cadastrar confirme seu email e receba seu e-book imediatamente. E não se preocupe, você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento!

 
 
 

AVISO LEGAL: Todas as informações contidas neste website não devem ser consideradas como aconselhamento médico. Você deve sempre consultar o seu médico. Nosso objetivo é fornecer as melhores informações de outros cientistas, médicos, especialistas de saúde e revistas médicas para você fazer sua própria decisão. Todos os produtos que indicamos e vendemos são suplementos naturais dietéticos que importamos.

Site Meter